Pular para o conteúdo principal

Sueli Costa

Sueli Correa Costa (Rio de Janeiro, 25 de julho de 1943) é uma cantora e compositora brasileira.

Nascida numa família de músicos, na qual a mãe tocava piano e ministrava aulas de canto coral. Foi nesse ambiente que aprendeu sozinha a tocar violão na adolescência, ao lado dos irmãos (Élcio, Lisieux, Telma e Afrânio) que também musicavam. No melhor estilo bossa-nova escreveu aos 18 anos a primeira composição, Balãozinho.
Nos anos 1960 iniciou atividades como compositora, enquanto conciliava os estudos na Faculdade de Direito em Juiz de Fora, aonde foi criada, até 1969 quando seguiu para o Rio de Janeiro. Neste período em Juiz de Fora, Sueli Costa compôs e cantou todas as canções da peça "Cancioneiro de Lampião", encenada pelo Grupo Divulgação em 1967. Ela também trabalhou na trilha da peça "Bodas de Sangue", no mesmo ano.
Anos de ininterrupta atividade como compositora, músicas gravadas por grandes intérpretes como Nara Leão, participou da trilha sonora de peças infantis, e em festivais, além de ter ministrado aulas de música em colégios cariocas formaram um currículo respeitável.
A década de 1970 marcou um grande momento de reconhecimento do talento por parte de intérpretes como Ney Matogrosso, Simone, Cauby Peixoto, Pedro Mariano, Joanna, Fagner, Fafá de Belém, Alaíde Costa, Ângela Rô Rô, Elis Regina, Ivan Lins, Zélia Duncan, Zizi Possi, Agnaldo Rayol, Gal Costa e Ithamara Koorax, entre outros. O nome de Sueli Costa passou a fazer parte então da elite de compositores da MPB. Com o sucesso batendo à porta, foi contratada pela EMI e gravou o primeiro LP (1975) com produção de Gonzaguinha e arranjos de Paulo Moura e Wagner Tiso. Dois anos depois veio o segundo LP, (1977), com produção de João Bosco e Aldir Blanc. Os parceiros mais importantes até hoje são, no início, Cacaso e Tite de Lemos; depois apareceram Aldir Blanc, Ana Terra, Paulo César Pinheiro e Abel Silva, com quem consagrou uma dupla de sucesso.

Discografia
Sueli Costa
1. Amor amor
(Cacaso - Sueli Costa)

2. Poeira e maresia
(Cacaso - Sueli Costa)

3. Cão sem dono
(Paulo César Pinheiro - Sueli Costa)

4. Doce mentira
(Sueli Costa)

5. Outra canção de amor (Coração cromático)
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

6. Guadalupe
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

7. As labaredas
(Cacaso - Sueli Costa)

8. Pedra da lua
(Cacaso - Toninho Horta)

9. Falando sério
(Cacaso - Sueli Costa)

10. Acorrentado
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

11. Sombra amiga
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

Vida de artista
1. Vida de artista
(Abel Silva - Sueli Costa)

2. Medo de amar nº 2
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

3. Movimento da vida
(Sueli Costa)

4. Vento nordeste
(Abel Silva - Sueli Costa)

5. Fruto do mar
(Abel Silva - Sueli Costa)

6. Dorme, meu menino dorme
(Sueli Costa - Cecilia Meirelles)

7. Cordilheiras
(Paulo César Pinheiro - Sueli Costa)

8. Mãos
(Aldir Blanc - Sueli Costa)

9. Bóias de luz
(Abel Silva - Sueli Costa)

10. Aos pedaços
(Abel Silva - Sueli Costa)

11. Maresia
(Abel Silva - Sueli Costa)

12. 4 de dezembro
(Sueli Costa)

Louça fina
1. Para os meninos da Nicarágua
(Paulo Emílio - Aldir Blanc - Sueli Costa)

2. Louça fina
(Abel Silva - Sueli Costa)

3. Sabe de mim
(Sueli Costa)

4. Alegria e a dor (Tesouro da juventude)
(Abel Silva - Sueli Costa)

5. Uma vida em segredo
(Abel Silva - Sueli Costa)

6. Esperar eu não sei
(Abel Silva - Sueli Costa)

7. Flecha ligeira
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

8. Segredo quebrado
(Paulo César Pinheiro - Sueli Costa)

9. Primeiro jornal
(Abel Silva - Sueli Costa)

10. Altos e baixos
(Aldir Blanc - Sueli Costa)

11. Jura secreta
(Abel Silva - Sueli Costa)

12. O inocente
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

Íntimo
1. Amor é outra liberdade
(Abel Silva - Sueli Costa)

2. Escuta moça
(Ferreira Gullar - Sueli Costa)

3. O tempo e o lugar
(Fausto Nilo - Sueli Costa)

4. Capricho
(Abel Silva - Sueli Costa)

5. Íntimo
(Abel Silva - Sueli Costa)

6. Cinema antigo
(Cacaso - Sueli Costa)

7. Mar de Espanha
(Capinan - Sueli Costa)

8. Coração aprendiz
(Abel Silva - Sueli Costa)

9. Vuelve mi luz
(Capinan - Sueli Costa)

10. Duas
(Tite de Lemos - Sueli Costa)

11. Juventude
(Abel Silva - Sueli Costa)

Minha arte
1. Imagens
(Sueli Costa/Fausto Nilo)

2. Minha arte
(Sueli Costa/Ana Terra)

3. Senhora de si
( Sueli Costa/ Cacaso)

4. Nuvens e cetim
(Sueli Costa/Abel Silva)

5. Canção Brasileira
( Sueli Costa/Abel Silva)

6. Violão
(Sueli Costa/Paulo Cesar Pinheiro)

7. Jardim
(Sueli Costa/Capinan)

8. Dona doninha
(Sueli Costa/Cacaso)

9. Novo novelo
(Sueli Costa/Paulo Cesar Pinheiro)

10. Todos os lugares
(Sueli Costa/ Tite de Lemos)

11. Insana
(Sueli Costa/Ana Terra)

12. Alma
(Sueli Costa/Abel Silva

Principais sucessos
Alma
Altos e baixos
Amor amor
As labaredas
Canção brasileira
Cão sem dono
Cobras e lagartos
Coração ateu
Corpo
Dentro de mim mora um anjo
Dona Doninha
Face a face
Imagens
Insana
Jardim
Jura secreta
Mar de Espanha
Medo de amar n°2
Minha arte
Mundo delirante
Nenhuma lágrima
Novo novelo
Nuvens e cetim
O primeiro jornal
Retrato
Segue o teu destino
Senhora de si
Todos os lugares
Vento nordeste
Vinte anos blue
Violão
Voz de mulher
Vuelve mi luz
20 Anos Blues

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Paulo César Feital

Paulo César Feital é autor/compositor, poeta e teatrólogo. Aos quatorze anos, sua primeira música foi gravada por Moreira da Silva. Compositor gravado por grandes intérpretes da MPB, como Milton Nascimento, Nana Caymmi, Chico Buarque, Emílio Santiago, Alcione, Beth Carvalho, Leny Andrade, MPB-4, Danilo Caymmi, Quarteto em Cy, João Nogueira, Zezé Mota, Cauby Peixoto, Pery Ribeiro, Tim Maia, Selma Reis, Sandra de Sá, entre outros, e, no exterior, por Luz Marina, Don Barrows, Lucho Gatica e Barry Mannylow, soma uma discografia de mais de 400 músicas.

Fazem parte de sua autoria sucessos como: Saigon, Perfume Siamês, Dias de Lua, Cinelândia, No Analices, Meu Louco, Bolero de Neblina, Brasil de Oliveira da Silva do Samba, Quarenta anos, Meu Louco entre outros.

Tem como parceiros, reconhecidos nomes do cenário musical do país: Nelson Cavaquinho, Guinga, Suely Costa, Elton Medeiros, Francis Hime, João Nogueira, Jorge Vercilo, Jota Maranhão, Carlinhos Vergueiro, Gilson Peranzzetta, Jorge Arag…

Ronaldo Bastos

Ronaldo Bastos Ribeiro, iniciou sua carreira artística compondo, em parceria com Milton Nascimento, a canção "Três pontas", seguida por "Fé cega, faca amolada" e "Nada será como antes", dentre várias outras registradas em discos do parceiro.
Em 1973 sua composição "Cravo e canela" (c/ Milton Nascimento) foi registrada por Caetano Veloso no LP "Araçá azul".
Na década de 1980, sua canção "Um certo alguém" (c/ Lulu Santos) obteve sucesso na gravação do parceiro.
Em 1989 lançou, pela Som Livre, o LP autoral "Cais", que incluiu "Fé cega, faca amolada", "Cais", "Circo marimbondo", "Nada será como antes", todas com Milton Nascimento, "O trem azul" e "Sonho real", ambas com Lô Borges, "Amor de índio" e "A página do relâmpago elétrico", ambas com Beto Guedes, "Bons amigos" (c/ Toninho Horta) e "Todo azul do mar" (c/ Flávio Ve…

Paulo César Pinheiro

Paulo César Pinheiro (1949) é um compositor, letrista, poeta e escritor brasileiro. Parceiro de João de Aquino, Baden Powell, Pixinguinha, Tom Jobim, Francis Hime, Ivan Lins, Edu Lobo, Toquinho, Lenine, entre outros, teve suas músicas gravadas por grandes nomes da MPB. Compôs trilhas sonoras para a televisão, teatro e cinema.
Paulo César Francisco Pinheiro (1949) nasceu no Rio de Janeiro, no dia 28 de abril de 1949. Ainda menino já escrevia poesias. Com 14 anos, em parceria com João de Aquino, escreveu sua primeira composição “Viagem”, que foi gravada por diversos interpretes. Aos 15 anos iniciou sua parceria com o violonista Baden Powell. Dessa parceria, sua música “Lapinha” interpretada por Elis Regina foi a vencedora da I Bienal do Samba da TV Record, em São Paulo, em 1968. Paulinho, como era chamado, tinha apenas 18 anos.
Ainda em 1968, em parceria com Francis Hime, escreveu “A Grande Ausente” defendida por Taiguara no III Festival da Música Popular Brasileira, sendo classificada…